Hulk

2 dias depois de aqui ter escrito que cada vez gostava mais do rapazito, o gajo aparece à Tintim…

Hoje na rádio ouvi dizer que aquela lixívia lhe rendeu 50 mil euros num contrato publicitário.
Oh amigos, e eu com tanto cabelo aqui para pintar???

Anúncios

Porto x Apoel de ontem

A claque do Apoel é brutal.
O FCP está de cabeça perdida.
O Kléber é uma anedota.
O Hulk é um senhor e gosto cada vez mais dele.

E-mail

Obrigado, foi um dos contemplados com um bilhete para a final de Dublin, que se realiza a 18 de Maio de 2011.
Para proceder ao levantamento do mesmo, deverá dirigir-se à Bilheteira Nascente do Estádio do Dragão, no decorrer do dia de hoje, 12 de Maio.
Deverá ainda apresentar os seguintes elementos:
– Cartão de Sócio válido;
– Email de confirmação da pré-reserva, com o respectivo número;
– Bilhete de Identidade.
O preço dos bilhetes disponíveis é de 80,00€ e de 105,00€, a serem distribuídos conforme disponibilidade.
Importante: Sem os documentos acima, não será possível efectuar a venda.
Apenas garantimos a sua pré-reserva até às 19h de 13 de Maio.

Obrigadinhos FCP, mas já tenho o meu (e bem mais barato!).
E a viagem.
E tudo e tudo, só me falta dinheiro para o scotch quando estiver por Dublin.

Sporting – Porto

3 dos jogadores iniciais do Porto não levaram amarelo mas em compensação alguns dos substitutos levaram também. A expulsão do Maicon é tão ridícula que nem merece palavras. O caceiteiro do Maniche devia ter sido expulso aos 61 minutos. O Porto jogou mal mal mal na primeira parte, mas se não fosse pela arbitragem tinhamos espetado 5 no cu dos lagartos na segunda. Tenho dito. O campeonato pode continuar, vamos lá ser campeões depressa e já sou amiga do sporting outra vez.

Ainda sobre bola

Dizia o orelhas o ano passado que não sabia sequer quem era o Hulk, a propósito do castigo deste.
Tiago Mesquita escreveu no Expresso:

É certo que a vingança se serve fria e que Hulk até tem nome de super-herói da BD, mas a luva branca a bater cinco vezes na face de Luís Filipe Vieira foi sentida em todo o lado. E desde que o clube da luz saiu de rabo entre pernas do estádio do Dragão que ninguém houve um pio do presidente do Benfica. O tal que adora cantar de galo sempre que lhe dão oportunidade, ou as que o próprio cria com entradas intempestivas em programas de televisão em directo.

Houvesse coragem no jornalismo desportivo, que não existe salvo raras e honrosas excepções, pois escreve tendenciosamente para o mesmo lado e com a mesma cor de tinta na pena, e a pergunta a fazer a Luís Filipe Vieira no final do jogo em que este viu a sua equipa ser esmagada por 5-0 seria a óbvia: já consegue identificar ou reconhecer Hulk se o vir na rua, na paragem do autocarro, ou até a jogar futebol? E já agora saber se a opinião que tem sobre este jogador, e que partilhou com o mundo no passado ano (com aquele ar de intelectual das câmaras-de-ar) se mantém?

Mas não. Os jornalistas preferem andar a bajular o senhor por terras de Angola, como se de uma visita papal se tratasse, a confrontá-lo com as suas próprias afirmações. É o jornalismo desportivo que temos, e são seis milhões dizem eles, há que fazer pela vida. Compreendo.

Hulk é o jogador que Vieira considerou “vulgar e que apenas se distinguia no campeonato português por ser o jogador que mais bolas perdia dentro de campo”. Disse ainda na altura, com a bazófia habitual, “não entender tanta polémica em relação ao castigo (a Hulk), pois considerava não ser este um jogador fundamental para a equipa do Porto”.

Pois é, Hulk foi castigado na época passada da forma que sabemos. Castigo que cumpriu na íntegra e afastou o FC Porto definitivamente do título. Castigo que mais tarde se veio a revelar mal aplicado por instâncias superiores às que haviam tomado a patética decisão em qualquer parte do mundo onde se pratique futebol. Desde que Hulk voltou aos relvados, ainda decorria a época transacta, o FC Porto não mais voltou a perder. Nem um jogo sequer.

E agora finalmente a chapada de Hulk, com a mão bem aberta, e com os cinco dedos à mostra, após o jogo de domingo passado: “Se ele (L. F. Vieira) não me conhecia, vai abrir o jornal e eu estarei lá. Só eu sei o que passei e sofri por ficar três meses sem jogar. É muita coisa para um jogador. Se na temporada passada tivesse jogado teria ajudado mais… Foi uma injustiça, mas é passado” Hulk

Nada a acrescentar. Não ouvi qualquer declaração do presidente do Benfica em relação ao jogo ou a Hulk em particular. Deve ter engolido uma bola de pelo. Batam-lhe nas costas, não vá o homem ficar verde. E não o queremos sufocado, só mesmo pela pressão de ver o FC Porto voltar ao lugar de onde nunca devia ter saído, sem nada poder fazer. Na frente. Até ao fim.

Costa do Marfim – Portugal, by cria

“E como correu a escola hoje?”

“Olha, fomos todos para a biblioteca ver o jogo de Portugal!”

“E gostaste?”

“Não, foi uma chatice. Estavam todos a cantar o hino e o Cristiano a olhar para o chão…”

Waka waka

É tão bom desenjoar os ouvidos dos Black Eyed Peas. É tão bom desenjoar os olhos da péssima época do FCP. Viva o mundial!

  • Calendário

    • Outubro 2017
      S T Q Q S S D
      « Jul    
       1
      2345678
      9101112131415
      16171819202122
      23242526272829
      3031  
  • Pesquisar