Comida de cebolada

Ontem de manhã, às 08:30, a caminho do trabalho, enfaixei-me no carro da frente. A coisa não foi muito grave, basicamente chapa (plástico no caso do meu) e umas dores ligeiras no lado esquerdo do corpo, provocadas pelo cinto.

Como bati por trás, assumi a culpa, assinei a declaração amigável e siga. Acho que também estava nervosa (e dorida) e queria despachar aquilo tudo. 

Mas hoje, ao fazer o mesmo caminho e ao passar no mesmo sítio, percebi que a culpa não foi minha. No local onde bati estava ontem parada uma carrinha das obras que me tapou a visibilidade e não me permitiu ver que havia ali uma passadeira, razão pela qual o carro da frente parou (que eu também não vi por causa da carrinha) e eu lá me enfaixei…

Claro que isto não vai mudar nada. Claro que a culpa continua a ser minha. Mas senti-me um bocadinho melhor ao perceber hoje o que se passou.

E um acidente, por mais ligeiro que seja, nunca é fácil de digerir…

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s