Ai se eu te pego – parte II

As chamadas anónimas continua(ra)m. Assim de repente, consultando os registos do telemóvel, temos:
14/10 às 06:35
26/10 às 02:56
08/11 às 03:57 e 04:58
14/11 às 02:18
21/11 às 01:57
26/11 às 02:27
08/12 às 05:34 e 07:16
15/12 às 06:36
23/12 às 05:01 e 05:06
24/12 às 01:49
Portanto, a solução foi pesquisar, pesquisar, pesquisar e lá descobri uma opção de não aceitar mais chamadas anónimas.
A partir de agora o meu telefone já nem toca quando me ligam de número não identificado. Vou poder, finalmente, voltar a dormir descansada, ao fim de mais de 2 meses de perseguição!

Anúncios

A força da juventude

Ontem de manhã, na gigantesca fila para pagar numa loja, estavam à minha frente 2 pestaninhas com os seus 20 anos. Ao verem 2 conjuntos de autocolantes de parede, um da Cinderela e outro do Peter Pan, dizem

Este é de princesas e este é do Pirata das Caraíbas.

Estou assim tão velha? As novas gerações não sabem que é o miúdo que não crescia?

Sonhos

Adormecer no sofá, mesmo antes de jantar, enquanto a minha avózinha vê o preço certo. Sonhar que ganho a montra final e a cena mais fixe e que mais gostei foi de uma máquina de café…

Correr

jogging
Sim, o ginásio já foi de vela há muito. Normalmente são 2 meses e acho que não andou longe disso.
Mas, não me perguntem bem porquê, decidi desafiar o marido para a Color run.
Claro que já me arrependi, falamos disso sexta à noite e hoje já quer começar os treinos. Ainda por cima o rapaz faz exercício 4 vezes por semana enquanto eu como, bebo e fumo.
Serão 5km, até corria mais do que isso no ginásio. Mas correr em passadeira não tem rigorosamente nada a ver. E avizinham-se tempos difíceis pela frente…
Falta muito para a corrida acabar?

Humores

É certo e sabido que não gosto do natal.
Não gostava em miuda, continuei a não gostar depois de ter crescido (pouco), tornou-se mais difícil após a morte do meu pai, mesmo tendo uma criança em casa.
Dizem que as crianças tornam os natais mágicos. Mas eu só a vejo a fazer listas intermináveis de prendas que quer receber e a não querer saber de mais nada. Na realidade nem católicas somos, por isso é cada vez mais uma altura que me passa ao lado.
Hoje, em princípio, a minha mãe traz a minha avó para o Porto. E eu estou tão feliz com essa notícia, estou com tanta vontade de estar com ela, que me pus a sacar uma compilação de 200 músicas de natal.
Mesmo sabendo que ela está cada vez mais surda e não vai ouvir nadinha. 🙂

Reforma antes dos 30

Desde heranças gigantescas a aumentos de pénis, o meu email tem de tudo um pouco.
Gostei particularmente de um que recebi hoje que falava sobre como me reformar antes dos 30 anos. Terminava com a frase

PS: Reflita sobre seu futuro agora, onde que estará aos 30 anos?

Ora, a minha memória não dá para mais, por isso tive mesmo de vir ao arquivo do blog e consultar o mês de Junho de 2009, mês anterior a fazer 30 anos (esta é uma das principais razões porque tenho o blog, para ir anotando coisas que sei que não me vou lembrar depois).
Ora, pelo que percebi desse mês, trabalhava na altura a recibos verdes para um gajo que não me pagava mas que comprou 2 carros novos nos 10 meses que lá estive. Não era mais feliz do que sou agora, não era mais rica (já que o ordenado quase nunca me caía na conta), fui automaticamente recenseada pelo xôr Sócrates.
Mas o que gostei foi de um reflexão minha na altura:

Com os 30 anos a aproximarem-se vertiginosamente, vou fazendo balanços do que se passou. E fazendo planos para o futuro. Nada correu como planeado até agora, mas diz que as coisas são mesmo assim.

E hoje foi assim

“Boa noite. Venho por este meio informar que foi uma das seleccionadas para iniciar formação no dia de amanhã às dez horas. Conto com a sua presença”.
Começam amanhã 3 dias de formação para uma cagada de emprego em part time com um salário miserável, mas que obviamente é melhor do que estar parada em casa.
Depois é torcer para que o mês de experiência também corra bem e, se correr tudo bem, em janeiro tenho um contrato de 6 meses para assinar.