Raisparta…

Porra!
Eu sabia que não conseguia fazer soufles nesta altura do mês.
Sabia que não conseguia bater claras em castelo.
Mas as putas das natas podiam ficar chantilly que a sobremesa de hoje ia ser swirl de morango… 😦

Das séries

Estamos numa semana muito difícil. Todos os anos é a mesma treta.
Chega maio, chega o calor e só se vê em todo o lado “Season Finale”. E seguem-se meses e meses de espera até ao regresso.
Ora eu, viciada em 3894304545902 séries diferentes, sofro verdadeiramente com isto. E quase me apetece gritar-“lhes”
ao dinheiro que vocês ganham não deviam ter direito a férias!!!
Mas numa das que sigo há muitos anos, Desperate Housewives, não vi o “Season Finale”, mas sim o “Series Finale”.
E o que mais marcou em tudo foi mesmo o Johnny Mathis:

Que não fique nada por dizer…

Ando uma lamechas de primeira…


(Provavelmente será necessário “algum” zoom…)

Quero

Quem passar num boticário faça o favor de amandar praqui, sim?

Imagem roubada de um blog que já não sei qual é, dos 89976567902 que sigo no bloglovin…

O tal do karma…

… é bem fodido!
Hoje, às 9 e pouco da manhã, 3 estranjas que não percebi bem de onde eram (Romenos, Ucranianos, Russos, todos eles para os meus ouvidos falam o mesmo) quiseram dar-me a volta por 2 euros. Dois.
Três pessoas sabiam que tinham de pagar DOIS euros mas fizeram de conta e não e não e não pagamos e tal e coiso e prontes.
Poderia ter-me chateado e exigido o valor em falta, mas por um valor desses até fiz de conta, assobiei para o lado a mesma melodia que eles e deixei-os ir como se nada soubesse.
Pois que se passou cerca de meia hora desde que isso aconteceu e eles voltaram.
Um deles perdeu o BI e estão desesperadinhos. Precisam, muito provavelmente, de ir a Marrocos-Português porque não há embaixada aqui no Porto.
E vão meter-se em bastantes mais despesas do que €0.6666666666666667 por pessoa…

Oh god…

E ao primeiro dia do mês de maio do ano de 2012, a “cria cria” o seu facebook.
Com muitas regras, obviamente, e também com a minha supervisão, mas fá-lo.
E eu saio para o trabalho e volto 10 horas depois. E apercebo-me que não vou conseguir controlar tanto (que é como quem diz, tudo).
Carago, as crianças escrevem quase enciclopédias por dia! E se ela sabe que não pode ter fotos dela, como controlar as fotos que as amigas põem?
Não gosto disto. Não gosto de vê-a crescer tão depressa. Não gosto de sentir que já não controlo tudo.
Quero-a pequenina outra vez. Muito pequenina. Sem interagir. Sem mais nada no mundo dela a não ser eu.
Estou frustradíssima…